A Índia é aqui!

Um país em que uma jovem de 17 anos foi estuprada por nada menos que 33 homens. De todas as idades. Dentre eles, um ex-companheiro. Nenhum deles se opôs, se sensibilizou, se compadeceu. Dos 33, não houve quem impedisse.  Eles se sentiram à vontade o suficiente para gravar em detalhes a mulher violada. Fizeram piada. … Continuar lendo A Índia é aqui!

Não há fuga possível: é feminicídio

Louise foi assassinada por um colega de curso. Dois jovens, de boa aparência, inteligentes, estudantes de uma das mais conceituadas universidades públicas do país e a maior do Distrito Federal, de classe média. Uma conjunção de fatores que não levam, teoricamente, a uma tragédia, a um crime nessa relação. Diferente da vida sacrificada todos os … Continuar lendo Não há fuga possível: é feminicídio

8 de março e a pior época para estar em uma agência de publicidade

Sim, mais um texto sobre o 8 de março. E talvez muita gente tenha escrito melhor que eu sobre essa relação complicada e cheia de tapas e beijos da publicidade com o Dia da Mulher. “Mais um texto sobre o 8 de março”, é o que eu sempre lamentava mentalmente e ainda lamento quando chega … Continuar lendo 8 de março e a pior época para estar em uma agência de publicidade

Sem pedir licença

Oh Madalena! Tentaram deixar você fora da festa, fora da história, da ciência, da religião, te fizeram arrependida e colocaram até mesmo um demônio no seu corpo para justificar toda a exclusão. Mas, Madalena, chega mais! Você não está sozinha. A começar que muitas madalenas te acompanham, dentro de você: prostituta, pecadora, santa, esposa dedicada, … Continuar lendo Sem pedir licença